Educação Especial e Tecnologias

Esta unidade curricular propõe desenvolver no estudante conhecimentos e competências que lhe permitam analisar, refletir e discutir criticamente a avaliação e a intervenção nas Necessidades Educativas Especiais, com enfoque no domínio cognitivo. Esta segunda UC de avaliação e intervenção em NEE domínio cognitivo centra-se nas perturbações específicas da aprendizagem (leitura, escrita, cálculo), no défice de atenção e hiperatividade, e na sobredotação e altas habilidades.

No final desta unidade curricular o estudante será capaz de: a) Reconhecer o valor e a importância do trabalho desenvolvido no contexto de equipas colaborativas e de relações interinstitucionais no âmbito das NEE; b) Caracterizar as NEE com enfoque no domínio cognitivo (critérios de diagnóstico, graus, fatores predisponentes, prevalência, evolução), a saber: perturbações específicas da aprendizagem (leitura, escrita, cálculo), défice de atenção e hiperatividade, e sobredotação e altas habilidades; c) Enumerar os principais instrumentos de avaliação do desenvolvimento cognitivo; d) Avaliar a criança/jovem em termos comportamentais e de realização; e) Construir planos de intervenção educativa com adequação das estratégias de ensino-aprendizagem às necessidades específicas da criança/jovem com NEE do domínio cognitivo.

Esta unidade curricular propõe desenvolver no estudante conhecimentos, aptidões e competências que lhe permitam avaliar crianças/jovens com Necessidades Educativas Especiais (NEE), com enfoque no domínio cognitivo, a saber: défices intelectuais, perturbação do espectro do autismo, perturbação de hiperatividade com défice de atenção, perturbações específicas da aprendizagem (leitura, escrita, matemática), sobredotação e altas habilidades. Pretende ainda levar o estudante a reconhecer a avaliação como um processo indispensável à caracterização das capacidades e do nível de desempenho das crianças/jovens com NEE e como ponto de partida para a definição de medidas de intervenção.

No final desta unidade curricular o estudante será capaz de: a) Delimitar os conceitos de Dificuldades de Aprendizagem e NEE; b) Caracterizar as NEE com enfoque no domínio cognitivo (critérios de diagnóstico, graus, fatores predisponentes, prevalência, desenvolvimento e evolução); c) Enumerar os principais métodos e instrumentos de avaliação nos processos de referenciação e avaliação; d) Selecionar métodos e instrumentos de avaliação adequados aos objetivos; e) Planificar o processo de recolha de informação; f) Avaliar a criança/jovem; g) Analisar e enquadrar as informações recolhidas para posterior processo de intervenção educativa; e h) Reconhecer o valor e a importância do trabalho desenvolvido no contexto de equipas colaborativas e de relações interinstitucionais no âmbito das NEE.